Projetar espaço do habitar do outro é por vezes complexo. Quando o outro é um grande amigo isso pode ser uma tarefa mais complicada ainda.

Muito bate papo até encontrar o terreno e três solicitações: “Eu estou indo para São Paulo comprar uma moto nova e quero que ela fique na minha sala”. “Não gosto de espaços muito certinhos e quero ter vista para todos os lados da cidade”. Estas foram as solicitações impostas pelo meu camarada Eduardo Grafulha tá mais e a terceira? Ah tá , eu quero uma garagem grande, para colocar os meus “Brinquedos” . Após algumas visitas ao local, alguns croquis e muita conversa nasceu este projeto de 445m². Uma arquitetura simples onde as funções podem ser lidas através dos volumes; social, serviço e íntimo. Por ser um lote com 1500m², a garagem foi desvinculada do corpo da residência, quase que um grande contêiner estacionado no fundo do terreno.

O volume da escada ganhará um muro de escalada, já mostrando à quem chega que não se trata de uma residência convencional. A sala, com pé direito duplo, ficou voltada para o Lago Guaíba proporcionando finais de tarde muito legais. O lema deste espaço é: integração total. A área social se integra com o home theater e com a cozinha.

A escada leva ao segundo piso onde estão os quartos que podem ser acessados por uma passarela voltada para a sala.

IMG_8820-1.jpg
IMG_8861-59.jpg
cortes.jpg
IMG_8700-1.jpg
IMG_8812-1.jpg
pv térreo.jpg
2pav.jpg
IMG_8731-1.jpg
IMG_8858-59.jpg
IMG_8775-1.jpg
IMG_8715-1.jpg